Tunas de Farmácia cantam aos caloiros e cartolados

Tunas de Farmácia cantam aos caloiros e cartolados

Imperial tuna da FFUC faz “chorar os finalistas e sorrir os restantes”. A quinta noite no parque da canção terminou com a boa disposição da Phartuna.  Texto e fotografias por Ana Lage, Ana Sofia Neto e Daniela Pinto

Na noite dedicada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra a Imperial TAFFUC cantou e encantou no palco principal. No início da noite o recinto ainda estava por encher, mas os cartolados apareceram em força e fizeram-se ouvir. Os temas originais “Pr’ó ano há mais” e “Cidade de Fitas” despertaram a saudade nos que vão e entusiasmaram os que ficam a honrar a cidade.

Dedicada aos estudantes que ingressaram na Universidade em 2017, a Imperial Tuna Académica da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra cantou a música “Imperial Caloiro”. O seu desgosto pelos mesmos “já não poderem ser praxados”, não impediu os tunantes de animarem o início da noite.

O final da atuação foi marcado pela balada que iria “fazer chorar os finalistas e sorrir os restantes” e pelo grito académico da cidade. Versos como “Cresce no peito a saudade ardente” deixaram em lágrimas os quintanistas e surpreenderam quem presenciou pela primeira vez uma Tuna. Inês Varandas, aluna do curso de Turismo na Escola Profissional Profitecla, afirma “ter gostado, apesar de nunca ter assistido a uma”.

A quinta noite no parque da canção terminou com a atuação da Phartuna. Esta Tuna de Farmácia da Universidade de Coimbra foi fundada em 1996 por um grupo de estudantes que nutria um gosto especial pela música. Singulariza-se por ter sido a primeira tuna mista da universidade a ser criada.

Os estudantes começaram por tocar a “Despedida ao Mondego”, uma ode a todos aqueles que vão deixar a cidade e partir. Interpretaram um tema levado ao Festival Eurovisão da Canção, por Simone de Oliveira, no ano de 1969, “Desfolhada”.

Encerraram a sua exibição e esta noite de parque com a “Balada de Despedida do 5º ano farmacêutico”. Edna Caldeira, estudante da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra descreveu a atuação da Phartuna como uma apresentação incrível.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *